NOTÍCIAS

/ NOTÍCIAS

Ser produtivo em casa: as dicas da equipa Flybizz
20 Mai 2020

Após dois meses a trabalhar remotamente sabemos o quão difícil pode ser levantarmo-nos da cama cedo e voltarmo-nos a sentar na mesma cadeira e na mesma secretária em que nos sentámos nos últimos 60 dias. Apesar de o mesmo acontecer no local de trabalho existem sempre características próprias de cada dia que o tornam diferente dos restantes, seja o convívio com os colegas de trabalho, seja a situação caricata que testemunhou no trânsito a caminho do escritório.

 

Assim, e para o ajudar a manter o foco e os níveis de motivação bem lá acima nestes últimos tempos de trabalho remoto (esperemos), a equipa Flybizz traz-lhe um conjunto de dicas pessoais de forma a garantir que não perde a sua produtividade em casa. No entanto, é importante sublinhar que cada um é como cada qual, isto é, estas dicas podem funcionar para alguns e não serem eficazes para outros, sendo imprescindível que experimente e descubra o que resulta melhor para si. Conheça as práticas que a nossa equipa valoriza no seu dia a dia e que nos têm permitido aumentar a qualidade do nosso trabalho mesmo em tempos de pandemia!

 

Inês Piedade: “Arranjei um local onde posso trabalhar sem distrações”

 

A nossa programadora foi muito assertiva quando a questionamos sobre a prática que considera imprescindível para poder ser produtiva em casa: ter um espaço seu, onde o único barulho que se ouve é o do seu cérebro a trabalhar. É importante termos um espaço só nosso, onde podemos pensar alto e desarrumar a secretária à nossa maneira.

 

Na nossa mente devemos associar este espaço ao termo “trabalho”, pois irá ajudar-nos a pensar na rotina em casa como se estivéssemos realmente a trabalhar no escritório. É por isto que trabalhar na cama ou no sofá pode não ser uma boa opção, pois associamo-los ao tempo livre fora do trabalho, e isso pode influenciar a nossa motivação.

 

Inês Queiroz: “Ter o meu gato sempre por perto descontrai-me e permite-me a encarar o trabalho com motivação”

 

A Inês mostrou-nos o poder que os animais de estimação podem ter na definição da nossa produtividade no trabalho, e isto não é algo novo. São já muitas as empresas que incentivam os colaboradores a levarem os seus animais de estimação para o escritório, pois acreditam que estes aumentam a diversão no espaço de trabalho e, consequentemente, deixam os colaborares mais motivados. No dia 26 de junho celebra-se o Take Your Dog to Work Day, em que muitas pessoas levam os seus cães para o trabalho e criam uma nova dinâmica com os seus colegas.

 

Sónia: “Vestir roupa descontraída e não me maquilhar ajuda-me a sentir confortável no meu espaço de trabalho”

 

Estamos constantemente a ler e ouvir que devemos preparar a nossa rotina matinal exatamente como se fôssemos para o escritório, isto é, vestirmos roupa de sair e maquilharmo-nos, mas tal como sublinhámos no início deste artigo, nem todos somos produtivos da mesma forma. A nossa colega Sónia contou-nos que trabalhar de fato de treino e chinelos é a melhor forma para se sentir em casa e, consequentemente, sentir-se confortável enquanto realiza o seu trabalho. Este conforto é o que, por sua vez, lhe permite ter motivação para dar sempre mais e melhor.

 

Flávio: “Faço to-do-lists porque me ajudam a organizar e deixam-me satisfeito quando as concluo”

 

Quem nunca colou post-it de várias cores pelas paredes para não se esquecer de tudo o que tem para fazer? Esta é uma das melhores formas de mantermos o nosso trabalho organizado de acordo com as tarefas que têm prioridade urgente e aquelas que podem ser guardadas para mais tarde. É crucial estabelecermos este regime de prioridade para que nos concentremos em apenas uma coisa de cada vez e desempenhemos cada uma dessas tarefas da melhor forma possível.

 

Beatriz: “Mantenho os hábitos que tinha quando ia para o trabalho, como andar de bicicleta”

 

Quando ainda trabalhávamos no escritório, a Beatriz deslocava-se todos os dias de bicicleta, e não foi a quarentena que a impediu de o continuar a fazer. É importante mantermos partes da nossa rotina normal e que nos permitam desviar a nossa mente do pensamento de que estamos fechados em casa a trabalhar. Andar de bicicleta, fazer uma caminhada ou simplesmente ir à varanda respirar ar fresco pode ser um boost de motivação para as restantes horas sentado na secretária.

 

Sara: “Fazer o que mais gosto, sentada no meu cantinho, com o Sol a entrar pela janela”

 

Por fim, a nossa web designer Sara deixa-nos a dica mais simples, mas também a mais importante: fazermos o que gostamos, caso contrário, nunca conseguiremos ser realmente produtivos e motivados. Pense no seu trabalho, nas suas tarefas diárias e em tudo o que estas envolvem, e reflita se é feliz a fazer o que faz.

 

É humanamente impossível sermos produtivos 8 horas por dia e isto é algo que todos devemos aceitar. A produtividade tem picos: neste momento posso-me sentir extremamente produtivo e daqui a 1 hora ter perdido toda a adrenalina. É por isto que devemos calendarizar os nossos dias de forma a deixarmos as tarefas que exigem maior criatividade para estes momentos produtivos, e aquelas mais lógicas e funcionais para os momentos mais parados.

 

Gostaria de receber mais dicas nossas? Subscreva a nossa newsletter na página principal do website e siga-nos no Facebook, Instagram e LinkedIn! Voe connosco!


CONTACTE-NOS PARA MAIS INFORMAÇÕES

ESTAMOS A UM E-MAIL DE DISTÂNCIA. SEMPRE QUE NECESSITAR DE ESCLARECER ALGUMA DÚVIDA OU QUESTÃO UTILIZE O FORMULÁRIO DE MENSAGEM PARA NOS CONTACTAR.

FORMULÁRIO