NOTÍCIAS

/ NOTÍCIAS

O que é o Social Proof Marketing?
06 Mai 2020

Quantos de nós já fomos influenciados a comprar um produto ou a subscrever um serviço porque vimos um amigo nas redes sociais a partilhar a sua experiência positiva com esse produto/serviço? Enquanto tomamos esta decisão sem pensarmos sequer que estamos a ser influenciados, do outro lado, as marcas aprimoram o seu discurso de vendas no digital, na tentativa de levar mais umas quantas pessoas a comprar/subscrever esse mesmo produto/serviço.

 

E é nisto que consiste o Social Proof Marketing: uma estratégia que combina o poder das redes sociais com o poder das vendas tradicionais, através da qual as marcas pegam nos testemunhos e experiências dos seus consumidores e utilizam-nos como materiais de marketing. Não é novidade que as reviews são um dos bens mais poderosos no que toca a influenciar novas compras e tudo isto está relacionado com a forma como olhamos para os outros e como percecionamos as suas ações como sendo as mais corretas numa determinada situação.

 

 

Assim, percebemos que o Social Proof Marketing está inteiramente relacionado com a área da Psicologia, que explica este mesmo conceito de Social Proof: um fenómeno psicológico que, quando nos deparamos com uma situação em que temos dúvidas sobre o que fazer, nos leva a olhar para as ações das pessoas à nossa volta (celebridades, família, amigos, especialistas, etc.) como sendo as ações mais corretas a tomar, porque assumimos que estes têm mais e melhor conhecimento sobre o que fazer e como fazer.

 

Existem 6 tipos de Social Proof, desde o especialista, à celebridade, às certificações e amigos. Vejamos mais detalhadamente:

  • Expert Social Proof: acontece quando um especialista da sua indústria recomenda os seus produtos/serviços ou está associado à sua marca. Por exemplo, quando os especialistas fazem um take over das redes sociais de uma marca/empresa.

  • Celebrity Social Proof: acontece quando uma celebridade aprova e recomenda os seus produtos/serviços ou também quando está associada à sua marca. Por exemplo, as influencers quando partilham fotos com um determinado produto.

  • User Social Proof: acontece quando utilizadores e consumidores ditos “normais” recomendam os seus produtos/serviços com base na sua experiência com a sua marca. Por exemplo, as recomendações em páginas de Facebook ou a partilha de fotos nas redes sociais.

  • Crowd Social Proof: acontece quando um grande número de pessoas apoia a sua marca e adere aos seus produtos/serviços. Mesmo que estas pessoas sejam “anónimas” — isto é, que não as conheçamos —, o simples facto de vermos muita gente a comprar faz crescer um imediato sentimento de confiança em nós. Por exemplo, quando uma marca tem milhares de consumidores ou milhares de seguidores nas redes sociais.

  • Friends Social Proof: acontece quando as pessoas veem os seus amigos partilharem uma experiência com a sua marca. Por exemplo, quando estas veem os seus amigos partilharem os seus produtos ou a seguirem-nos nas redes sociais.

  • Certification Social Proof: acontece quando lhe é fornecida uma marca de aprovação por parte de uma figura autoritária na sua indústria. Por exemplo, quando as marcas/empresas recebem uma checkmark azul nas redes sociais.

 

 

Qualquer um destes tipos de Social Proof demonstra que aproveitar este fenómeno na sua estratégia de marketing é praticamente obrigatório. Não apenas porque pode ajudar a aumentar as suas vendas, mas também porque uma recomendação vinda de pessoas que seguimos e admiramos pode inspirar confiança nas nossas escolhas e ajudar-nos a sentir que fazemos parte de algo maior. Para as marcas, isto significa também um aumento da sua notoriedade e um alargamento da sua comunidade.

 

Tudo isto está também relacionado com um sentimento que é constante em muitos utilizadores das redes sociais: o medo de ficar de fora. Vermos as pessoas que seguimos a viajar, a passear ou a comprar roupa nova faz crescer um desejo em nós de querer fazer e ter as mesmas coisas, porque não nos queremos sentir excluídos. É exatamente aqui que as marcas e empresas entram, com o objetivo de fazer crescer este medo e de levar as pessoas a comprarem os seus produtos/serviços.

 

Independentemente da forma como irá aplicar o Social Proof Marketing existem 3 pontos que deve ter em conta:

 

1. Seja humano: o ponto-chave do Social Proof Marketing são as pessoas e, consequentemente, a necessidade de nos relacionarmos com estas de forma humana. A não ser que as questões de privacidade não o permitam, deixe de lado os testemunhos com nomes e imagens falsas. Seja autêntico, pois só assim as pessoas irão sentir confiança suficiente para darem o próximo passo na relação com a sua marca.

 

2. Seja honesto: pode ser uma tentação e muitas vezes as marcas caem neste erro, mas lembre-se de não exagerar. Comprar seguidores ou likes ficou no passado, pois os consumidores conseguem detetar de longe quando as marcas o fazem, o que o leva a perder a componente humana que falávamos anteriormente. Tenha também cuidado na escolha dos influencers: invista naqueles que, apesar de estarem a ser pagos para promover algo, conseguem manter esta componente humana e autenticidade.

 

3. Seja criativo: pense em ideias novas de como utilizar o Social Proof Marketing e saia da caixa. Para além de aumentar a probabilidade de atrair novos consumidores, esta criatividade também será valorizada por aqueles que já estão do seu lado.

 

O Social Proof Marketing é, em suma, uma tática de marketing da velha guarda que foi modernizada e adaptada ao digital. Adotar esta estratégia pode ser bastante simples de começar e rapidamente o irá ajudar a aumentar a notoriedade e lealdade dos seus consumidores. Se gostava de conhecer mais sobre Social Proof Marketing e perceber por onde começar fale com a Agência Flybizz via telefone ou e-mail e siga-nos no Facebook Instagram . Voe connosco!


CONTACTE-NOS PARA MAIS INFORMAÇÕES

ESTAMOS A UM E-MAIL DE DISTÂNCIA. SEMPRE QUE NECESSITAR DE ESCLARECER ALGUMA DÚVIDA OU QUESTÃO UTILIZE O FORMULÁRIO DE MENSAGEM PARA NOS CONTACTAR.

FORMULÁRIO