NOTÍCIAS

/ NOTÍCIAS

Marketplace do Facebook para empresas
13 Mai 2020

Que outra forma de vender os seus produtos seria melhor que vendê-los no Facebook, junto dos seus seguidores e utilizadores desta plataforma? Desde que surgiu o Marketplace que isto é possível, não só para os vendedores individuais, como também para as empresas.

 

O que é e para que serve o Marketplace do Facebook?

 

O Marketplace do Facebook é um como um shopping online, onde podemos vender e comprar mil e um produtos, mas neste caso, estando associado a uma plataforma. Este surgiu como uma nova alternativa aos grupos de compra e venda, permitindo aos perfis pessoais vender qualquer produto sem nenhum custo associado. Todo o processo de diálogo entre vendedor e comprador é posteriormente tratado através do Messenger, via mensagem direta, não estando a plataforma responsável por qualquer processo de transação ou entrega dos produtos.

 

O Marketplace tem como grande mais-valia o facto de permitir aos utilizadores recorrerem à localização como um filtro para pesquisarem produtos próximos ao local onde se encontram, bem como, a pesquisa por outras categorias — item para venda (produto), veículos, imóveis ou emprego. Mais recentemente, a plataforma começou a trabalhar com inteligência artificial, de modo a oferecer aos vendedores e compradores sugestões mais personalizadas.

 

No caso das empresas, apesar de puderem divulgar os seus produtos e serviços de forma gratuita na sua página corporativa, no que toca ao Marketplace do Facebook, estas necessitam de recorrer aos parceiros certificados do Facebook para poderem inserir as suas ofertas, como o BigCommerce, Shopify ou Zentai. Ao associarem-se a um destes parceiros, as empresas podem fazer o upload dos seus inventários e partilhá-los no Marketplace. Assim, é possível que esta funcionalidade não esteja disponível para a maioria das empresas em Portugal, no entanto, se ainda não é se uniu a um destes parceiros ou se o seu parceiro não é certificado pelo Facebook, pode começar por preencher um formulário de interesse. Mas que tipos de empresas podem vender no Facebook?

  • Concessionários automóveis: apenas podem vender carros usados e certificados, estando a proibida a venda de carros novos.

  • Empresas Real State: os agentes imobiliários podem registar apartamentos para arrendar ou vender no Marketplace.

  • Empresas de e-commerce: praticamente todas as empresas que vendam produtos online podem unir-se ao Facebook e começar a vender no Marketplace, desde que estejam associados a um dos seus parceiros e que todos os seus produtos sejam permitidos pela plataforma.

 

 

Porquê vender no Marketplace do Facebook?

 

Agora que já sabe se a empresa pode ou não começar a apostar nesta ferramenta vamos mostrar-lhe os seus benefícios e porque não deve ficar de fora.

 

1. Alcance quem já procura por si

 

O Marketplace do Facebook funciona um pouco como um motor de pesquisa: alcançamos as pessoas que normalmente já procuram pelos nossos produtos ou serviços. Assim, esta ferramenta atua como um touchpoint onde não tem que dar a conhecer o seu produto pela primeira vez ao utilizador, mas sim mostrar-lhe o porquê desse produto ser melhor que o da concorrência.

 

2. Dê a conhecer a sua marca

 

Quando um dos seus produtos é mostrado a um utilizador, o nome da sua marca aparece por baixo. Mesmo que o utilizador acabe por não comprar o produto, o simples facto de ter lido esse nome poderá ajudar a criar notoriedade.

 

3. Tenha toda a informação num único sítio

 

Ao recorrer ao Marketplace está a facilitar o processo de compra, pois os utilizadores podem fazer tudo dentro do Facebook, sem terem que abrir links externos. Esta pode ser uma variável que leva muitos compradores a optarem por esta plataforma — visto que o consumidor atual escolhe marcas que proporcionem uma experiência de compra rápida e simples -, o que faz com que a presença da sua empresa nesta ferramenta seja imprescindível.

 

4. Desenvolva relações diretas com os compradores

 

O facto de todo o processo de compra se realizar via mensagem direta no Messenger permite às marcas estarem muito mais próximas dos seus compradores. Um bom serviço de atendimento ao cliente fará a diferença entre uma marca atenciosa e com boa reputação, e uma marca arrogante e que trata cada comprador como apenas “mais um”.

 

5. Seja mobile-friendly

 

Criar uma loja online envolve mil e um procedimentos, sendo um deles a otimização para dispositivos móveis. No Marketplace não tem que se preocupar com esta passo, pois as pessoas utilizam-no através da aplicação móvel do Facebook. Assim, poupa tempo e dinheiro!

 

Em suma, esta é uma ferramenta que ainda tem muito por onde ser explorada, tendo o Facebook já anunciado que, no futuro, surgirão novas atualizações, como a integração de um motor de pesquisa visual (isto é, que permite aos utilizadores pesquisem um produto através de imagens). Se a sua empresa tem a possibilidade de começar a vender os seus produtos no Marketplace do Facebook ponha mãos à obra! Fale com a Flybizz e nós ajudamos 😊


CONTACTE-NOS PARA MAIS INFORMAÇÕES

ESTAMOS A UM E-MAIL DE DISTÂNCIA. SEMPRE QUE NECESSITAR DE ESCLARECER ALGUMA DÚVIDA OU QUESTÃO UTILIZE O FORMULÁRIO DE MENSAGEM PARA NOS CONTACTAR.

FORMULÁRIO